31.8.11

Resenha: Os e-mails de Holly, Holly Denham


Título: Os e-mails de Holly
Autor: Holly Denham
Editora: Editora Record
Gênero: Chick lit
Páginas: 770
Publicado em: 2011
Avaliação: 3 ½ estrelas

Holly é uma mulher britânica com 30 anos e está começando em seu novo emprego como recepcionista de uma grande instituição financeira. Como em todo novo trabalho, Holly tem uma certa insegurança com relação aos seus novos colegas e sua nova função. Logo no início ela conclui que 2 ou 3 colegas já estão fazendo complô e querem ela fora dali!
Com o tempo, ela percebe que Trisha, a outra recepcionista, é bem legal e não está tentando tirá-la de lá, e que ela (Holly) também pode retomar a amizade com Jennie, sua colega dos tempos de escola. Além disso, esbarrar com algum homem maravilhoso de terno no elevador pode ser bem interessante.
Mas não só de trabalho vive Holly e sua vida pessoal balança entre o mistério e o bizarro. O irmão, Charlie, está abrindo uma casa noturna com um conceito um tanto duvidoso, desde a construção do lugar até a inauguração, e claro que não podia deixar a irmãzinha fora dessa enrascada.
A outra parte da família teve que se mudar para a Espanha, devido a algum pequeno incidente, mas nada grave... Afinal, só precisaram mudar de país, né?! A mãe dela é insuportável, vive se metendo em todas as áreas da vida de Holly. A avó é uma senhora de opinião forte, super divertida e polêmica. E a irmã é casada com um criador de cobras e também não deixa de meter a Holly em situações, no mínimo, estranhas.
E dentro de todo esse contexto profissional/familiar, Holly esconde alguns segredos sobre toda a sua vida: passado distante, passado recente e presente, e quando esses fantasmas do passado começam a aparecer... Holly se desespera e ninguém melhor para aconselhá-la do que Jason e Aisha, melhores amigos.
A melhor parte de tudo isso? É que ficamos sabendo de cada detalhe lendo todos os e-mails enviados e recebidos por Holly!!!

Quando eu vi esse livro nas prateleiras, fiquei super empolgada! Logo lembrei da coleção da Meg Cabot (Garoto da casa ao lado, Garoto encontra garota e Todo garoto tem) e como eu amava esses livros no formato de troca de e-mails, afinal são muito divertidos e rápidos de ler.
Infelizmente, me decepcionei. Sério. Para o livro ser bom de verdade, eu só precisaria das 300 últimas páginas e pronto. São 500 páginas de enrolação... Nada acontece, nada te surpreende, nenhuma resposta é dada às poucas perguntas que surgem. E a maior pergunta de todas é: o livro vai ser assim até o final?
Apesar disso, você não quer largar o livro, pois tem esperanças de que os 60 reais pagos valerão a pena e a estória vai mudar e de repente tudo vai ficar mais interessante e intrigante. Demora muito, mas acontece. E até isso acontecer, você consegue dar umas risadas com a protagonista, seu irmão, sua avó e seus amigos Jason, Aisha e Trisha. Entre eles, a Holly é a menos engraçada.
Por ser uma romântica invertebrada, senti falta disso no livro. Até tem um conflito amoroso com um cara do escritório e uma amiga dos tempos de escola, mas é isso mesmo: um conflito, nada muito romântico.
A leitura é mega rápida e leve... Matei em menos de 1 semana entre idas e vindas de metro, e entre uma aula e outra. Apesar de ser grande, ele não pesa muito e dá pra levar na bolsa ou na mão mesmo; só precisa tomar cuidado porque é material de paperback, então pode amassar/rasgar/molhar facilmente.

*Não esqueça que tem sorteio de marcadores rolando aqui. Corra, participe e divulgue!!!*

3 Comentário(s):

Nádia Tamanaha 31 de agosto de 2011 23:30  

É, foi uma decepção... tinha tudo pra ser mais divertido, mas, no fundo, é isso mesmo: a gente não consegue largar porque fica na esperança de que algo vai acontecer... Bom, é uma pena, mas é melhor ler e se decepcionar do que ficar na dúvida, hahaha!

Beijo

Ps: O Todo Garoto Tem não é em formato de e-mail, é? Faz tempo...

@philipsouza 3 de setembro de 2011 23:45  

hehehehe, não li ainda, mas pelo que a Nadia fala em cima...

bjao

Philip Rangel
http://entrandonumafria.blogspot.com/

Renata,  2 de outubro de 2011 21:49  

Nossa fiquei empolgada com a descrição da estória,já até fiquei com vontade de ler...mas pela sua crítica...brochei total!!...hehehehe...agora nem quero mais ler!!

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008 | Layout por Maeva

Back to TOP